DATA DE PUBLICAÇÃO: 20/07/2018
- Diminuir + Aumentar

Dom Antônio festeja 52 anos de idade

 
Quinta-feira, dia 26, Dom Antônio de Assis Ribeiro, um dos bispos auxiliares de Belém, festeja seu aniversário natalício com celebração eucarística em Ação de Graças pelo dom da vida e da vocação, na residência episcopal. À tarde, viaja para o município de Salinopólis, região do Salgado, para evento com a juventude da Diocese de Castanhal.
 
Nascido em 26 de julho de 1966, na zona rural do município de Capitão Poço, no nordeste do Estado do Pará, Dom Antônio foi ordenado sacerdote no dia 17 de junho de 1995, em Ourém (PA).  O religioso concluiu licenciatura em Filosofia, em 1989, no Centro de Estudos do Comportamento Humano (Cenesch), da Arquidiocese de Manaus (AM). De 1991 a 1994 cursou Teologia pela Universidade Pontifícia Salesiana em Roma (Itália). Entre 1997 e 1999 cursou o Mestrado em Teologia Moral na Accademia Alfonsiana/Universidade Lateranense em Roma (Itália), assumindo em seguida diversas funções dentro e fora da Inspetoria Salesiana da Amazônia.
 
Aos 52 anos, Dom Antônio recorda de muitos fatos marcantes da sua infância, no seio familiar, com o trabalho na roça, os amigos e, com grande afeto, dos seus formadores. “Me lembro bem dos bons tempos vividos na formação inicial e específica em Ananindeua, Manaus, São Paulo e Roma. Em minha mente também está presente a gratidão por muitos formadores ao longo das diversas etapas da formação inicial. As minhas responsabilidades no ministério sacerdotal, sem dúvida, foram experiências verdadeiramente formadoras, que me ajudaram no processo de amadurecimento pessoal”.
 
A nova idade chega também na mais nova etapa de sua caminhada: a vida episcopal. Ordenado Bispo no dia 2 de setembro de 2017, sua sagração foi conduzida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e teve como co-ordenante Dom Flávio Giovenale, Bispo de Santarém, e Dom Meinrad Francisco, Bispo de Humaitá (AM).
 
Como Bispo, Dom Antônio sente-se muito feliz. “Estou continuando com sentimentos de alegria, felicidade, realização pessoal, gratidão a Deus. Deus sempre foi generoso comigo! A vida é uma caminhada...Ele nos segue, também permite que passemos por provações! É preciso que nesses momentos não duvidemos do seu amor para conosco! Tudo passa!”
 
Parte dessa felicidade deve-se ao povo que o acolheu com grande afeto: “Agradeço a generosa acolhida de todos e que rezem por mim! A vida é o mais precioso dom de Deus, ela não nos pertence. Por isso, a felicidade não existe sem a comunhão com Ele. A sintonia com Deus nos leva a dar sentido para a nossa vida servindo os outros. Deus é amor! Por isso, fora do amor não há felicidade!.”
 
 
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade