DATA DE PUBLICAÇÃO: 08/11/2018
- Diminuir + Aumentar

Igreja no 40 Horas celebra a chegada do novo pároco

Foto: Divulgação
 
A assembleia acolheu padre Eduardo Santos, OMI, da Congregação Missionários Oblatas de Maria Imaculada, no último domingo, dia 4, durante cerimônia de posse presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, na Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, no bairro do 40 Horas, em Ananindeua. Concelebraram o provincial dos Oblatas, padre Lindomar Félix, OMI e padre Kleber William Pombal, OMI. O dia da posse foi marcada com café partilhado que reuniu os sacerdotes e os paroquianos. 
 
Padre Eduardo de Assis Santos é paulistano, e retorna ao Brasil após 12 anos de trabalho missionário no Japão, a pedido da Congregação Missionários Oblatas de Maria Imaculada (OMI). Os seis primeiros anos atuou como vigário, os últimos seis anos  como pároco na Paróquia de São Pedro, na cidade de Toyohashi, na Diocese de Nagoya, paróquia frequentada por varios grupos de fiéis de diferentes nacionalidades, como japoneses, peruanos, brasileiros, filipinos e vietnamitas. Segundo ele, a nova missão é vontade de Deus: “Eu acolho como vontade de Deus, até porque as coisas acontecem fora da vontade da gente. Havia a necessidade da congregação,  fui consultado e me coloquei a disposição”. 
 
Para ele, os desafios existem e o momento é de reaprender. “Sempre há desafio,  são culturas diferentes. Desde que fui ordenado, fui para o Japão, então aprendi a ser padre no Japão e, agora é todo um reaprendizado do ritmo da Igreja do Brasil e do ritmo da Igreja paraense, tudo isso pra mim é muito novo e ainda tem o acréscimo do calor”. 
 
A chegada do sacerdote na paróquia se deu no mês de outubro, desde então vem se familiarizando com as atividades da igreja, contando com a ajuda de todos os paroquianos. “Espero que ele faça um ótimo trabalho como pároco, que vai ser por ser um Oblata, que traz esse carisma, ele pode contar com todos os paroquianos para ajudá-lo nessa nova caminhada”, destacou Thamires Mattos, secretária paroquial. 
 
A Congregação Missionários Oblatas de Maria Imaculada começou a estar mais próximo da matriz com o início do pastoreio do padre Manoel Valadão (OMI), de 2016 a 2018. As transformações são visíveis disse Thamires Mattos: “O padre Manoel Valadão, juntamente com os Oblatas trouxeram muitas pessoas para a Igreja, ele despertou a juventude e os idosos ele trouxe a união. Nós conseguimos restaurar a paróquia, as comunidades cresceram e a área da nossa paróquia está com cara de paróquia. Padre Manoel Valadão deixa um grande legado”. 
 
A matriz da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, no bairro do 40 Horas, foi elevada à Paróquia em 02 de outubro de 2010. Pela paróquia já passaram o padre Lucivaldo Corrêa de 2010 a 2013, padre Waldemir de 2013 a 2016, ambos providentinos. Padre Manoel Valadão, OMI, esteve à frente da Paróquia de 2016 a 2018, cujo vigário é o padre Vincent Isa, OMI.  A Paróquia tem oito comunidades e um Setor de Missão. Padre Eduardo Santos, OMI, é o quarto sacerdote a assumir a paróquia. 
 
Congregação 
 
Os Missionários Oblatos de Maria Imaculada são uma congregação religiosa, um instituto de vida consagrada, fundada em 1826, por Santo Eugênio de Mazenod, com o objetivo de dedicar-se por inteiro à educação de crianças e jovens, além das missões de evangelização.
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade