DATA DE PUBLICAÇÃO: 08/11/2018
- Diminuir + Aumentar

Papa se emociona ao conhecer projeto de navio hospital na Amazônia

Foto: Divulgação
 
Com informações Vatican News. O Papa Francisco se emocionou na manhã da segunda-feira, dia 5 de novembro, ao receber em audiência o Bispo de Óbidos, Dom Bernardo Bahlmann, que apresentou ao Pontífice o projeto “Barco/Navio Hospital Papa Francisco”.
 
Trata-se de um projeto “ousado” - como definiu o bispo alemão -, que vai percorrer mil quilômetros do Estado do Pará, oferecendo atendimento médico a mil comunidades ribeirinhas e 12 municípios, num total de cerca de 700 mil pessoas. Na audiência, foram apresentados ao Pontífice um vídeo de cinco minutos e uma maquete do projeto.
 
Dom Bernardo afirmou que o Papa ficou “feliz e comovido” e saudou os povos da Amazônia.
O projeto foi solicitado pelo próprio Pontífice quando visitou o Hospital administrado pela Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus no Rio de Janeiro, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude de 2013. Foi então que o Papa perguntou ao Frei Francisco Belotti se eles estavam presentes na Amazônia, encorajando um projeto naquela região.
 
A finalidade é levar saúde às comunidades ribeirinhas na região amazônica e atuar na prevenção do câncer, com a realização de exames e triagem para pesquisas em parceria com as Universidades nas patologias de maior incidência na região.
 
Frei Francisco também estava na audiência com o Papa e falou de como nasceu o projeto. Disse que o projeto nasce abençoado, “ele é gerado, abençoado e agora praticamente concluído com a benção do papa, para mim é um momento de muita emoção, da graça de Deus, por todo o bem que este navio vai fazer, em nome de Jesus e da sua Igreja, levar para tantas pessoas tanto a saúde física quanto a saúde espiritual, porque o barco também terá toda a parte pastoral junto a essa população. É um hospital completo, com centro cirúrgico, com exames e que vai percorrer o rio Amazonas. Eu percebia que as pessoas tinham muita dificuldade para chegar até o hospital, eu pensava assim que o hospital precisa chegar até eles, dentro do projeto do papa, de uma igreja em saída, de uma igreja que vai ao encontro das pessoas”.
 
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade