DATA DE PUBLICAÇÃO: 21/03/2019
- Diminuir + Aumentar

Retiro de catequistas da Região Episcopal Santa Maria Goretti

 
“Ide e anunciai” (Mc 16,15) será o tema do retiro de catequistas da Região Episcopal Santa Maria Goretti, promovido pela coordenação da região episcopal, a ser realizado a partir desta sexta-feira, 22, na Casa de Plácido, em Nazaré e concluído no sábado, às 20h. Os catequistas participam ainda da celebração eucarística do Ministério de Catequista no domingo, 24, às 10h, na Catedral Metropolitana.
 
O retiro é voltado para todos os catequistas da Região Episcopal Santa Maria Goretti, sem a necessidade de inscrição prévia. A coordenação, no entanto, informa que haverá uma taxa para aqueles que optarem pela alimentação, estes deverão repassar o nome e valor R$20,00 para o seu coordenador paroquial.
A programação consta de formação, pregação, leitura orante (Lectio Divina), adoração ao Santíssimo Sacramento e Santa Missa na Basílica Santuário. O retiro é realizado anualmente a fim de reforçar a espiritualidade do catequista e motivá-los diante dos inúmeros desafios enfrentados na formação de discípulos missionárias em suas paróquias, explica Hugo Carvalho, da coordenação da região Santa Maria Goretti.
 
Segundo ele, é momento também de celebrar a unidade da Igreja quanto região: “a participação dos catequistas é de grande importância para que a missão de anunciar Jesus tenha a mesma sinergia em todas as paróquias e ainda sim, possa contemplar a realidade de cada uma delas. Oportunidade de revigorar o espírito, para que o corpo não desista.”
 
Ao final do retiro, catequistas das demais regiões episcopais estarão presentes na Santa Missa em ação de graças pelo mistério de catequistas, no domingo, 24, na Catedral. Dentro do Ano Jubilar, a celebração eucarística pontua toda a colaboração dos catequistas e a atividade catequética ao longo dos 300 anos da Diocese de Belém.
 
Para o coordenador arquidiocesano da catequese, padre Evandro do Carmo, este é um momento muito importante visto que a Arquidiocese de Belém formou no ano passado a primeira turma no ministério catequista. Foram 80 pessoas, coordenadores paroquiais de catequese, investidos durante celebração eucarística, presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano.
 
A investidura no ministério é uma atenção ao que prevê o Diretório Nacional da Catequese, documento aprovado em 15 de agosto de 2005 pela CNBB durante assembléia. O Diretório Nacional prevê o exercício do ministério de catequista, com uma disponibilidade de exercer de forma mais estável esse ministério além de frisar a formação sistemática e continuada do catequista.
 
“O ministério é composto por uma formação básica para que catequistas consigam exercer o ministério e depois aprofunda-se, sobretudo, a doutrina da Igreja, a dimensão litúrgica e pedagógica, sendo realizada bimestralmente.”, destaca padre Evandro. 
 
Ele prossegue: “é um movimento de valorização do catequista daquilo que ele faz e da própria pessoa dele. Estamos com novas turmas e as paróquias também estão atentas para essa melhor formação do ministro catequista. Tem trazido muita coisa boa na participação da transmissão da fé para as novas gerações.
 
E conclui: “essa celebração, no dia 24, corresponde a isso, depois de um ano da conclusão da primeira turma, instituída por Dom Alberto na Catedral. Será momento muito festivo e significativo, comemorando a atuação da catequese ao longo desses anos neste ano jubilar.”
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade