DATA DE PUBLICAÇÃO: 09/05/2019
- Diminuir + Aumentar

Rede Nazaré de Televisão completa 17 anos

Foto: Divulgação.
 

Gerar programas locais de qualidade para evangelizar e educar o povo do Pará foi a conquista da Arquidiocese de Belém, através da inauguração da emissora de televisão católica, Rede Nazaré de Televisão, em 11 de maio de 2002. Neste sábado, dia 11, a emissora completa 17 anos, reafirmando o compromisso com o anúncio da boa nova e na divulgação de programas educativos.


A Rede Nazaré de Televisão objetiva se coloca no mercado não como uma concorrente, mas como uma alternativa de qualidade e de abordagem dos fatos, eventos e situações da vida humana em sociedade, ressaltando a importância de considerar o homem como um todo, especialmente em sua dimensão religiosa, de abertura ao transcendente, e em seus anseios pelos valores que realmente elevam sua existência.  


Segundo o coordenador da Rede Nazaré de Televisão, Marcos Valério, o grande diferencial da emissora é o olhar positivo sobre os fatos. “O que a gente propõe aqui na Rede Nazaré de Televisão, além do tripé editorial que é cultura, religião e educação, é o olhar positivo sobre tudo isso, dando perspectiva de boa notícia, da boa nova. O diferencial é trazer o olhar positivo sobre os fatos e acontecimentos”, disse.


É inegável que os meios de comunicação com o passar dos anos ganharam mais visibilidade. Quando o assunto é emissora de televisão católica o conteúdo é o grande diferencial. “Hoje a gente sabe que os meios de comunicação são importantíssimos pra disseminação do Evangelho, da catequese, da evangelização. E, é claro que a TV Nazaré, embora, seja uma TV educativa ela tem inspiração católica, a partir dessa inspiração católica ela busca na sua linha de editoria, por meio da religião levar essa evangelização. E o bom, é que com as retransmissoras que nós temos, conseguimos chegar em grande parte da região amazônica”, ressaltou Marcos Valério.


Ao longo dos anos a emissora se aprimorou, com a digitalização dos equipamentos e do sinal, que favoreceram a qualidade da imagem e som recebido pelos telespectadores. Logo, o conteúdo, chega à Amazônia Legal, área de cobertura da Rede Nazaré de Televisão. A cobertura da Rede Nazaré de Televisão abrange toda a Amazônia Legal, realizada pelas 40 retransmissoras incluindo a geradora, situada em Belém. No Estado do Pará, está concentrado o maior número de retransmissoras. A Rede Nazaré de Televisão, nas demais regiões do Brasil, pode ser sintonizada, via satélite.

Conteúdo dinâmico

O conteúdo dos programas transmitido pela Rede Nazaré de Televisão, canal 30, ou conforme a sintonia da sua cidade natal é pensado para contribuir na edificação da vida de cada cidadão, por exemplo, o 'Diálogo Aberto', 'Janela Aberta', 'Nazaré Notícias', 'Questão de Fé' e o 'Conversa com meu povo', este de autoria do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. Segundo o Silvano Viana, produtor do programa jornalístico Nazaré Notícias, o grande desafio é levar informação relevante que possa contribuir na vida das pessoas.


Aos 72 anos Herondina Gomes, moradora do bairro do Jurunas, é uma das telespectadoras da Rede Nazaré de Televisão que não perde a programação da emissora. A relação de cumplicidade com a emissora começa pela manhã, segue durante a tarde e termina só à noite. Para ela, a emissora é uma companhia, pois através dela pode participar das missas e ficar bem informada.


A relevância é o que norteia o que é produzido pela emissora, que sempre, recebem inúmeros elogias, pois leva aos lares informação de qualidade. Para Silvano Viana, existe uma grande responsabilidade na produção do conteúdo. “A gente tem um trabalho duplo aqui na Rede Nazaré de Televisão, porque além de ser uma TV educativa tem o caráter religioso. Então, é grande a nossa responsabilidade no sentido de trabalhar esse conteúdo de uma maneira que ele seja relevante para população”.


“A gente tem um compromisso a mais com a informação, de levar uma informação mais trabalhada e isso para mim é importante, porque enquanto jornalista eu sempre pensei dessa maneira, que temos o dever de engrandecer ou melhorar a vida da população através da informação, e é o que eu tenho conseguido fazer”, disse a repórter Juliana Brito.


Segundo ela, é uma honra trabalhar como repórter da emissora, ainda mais por ter iniciado a carreira profissional. “A TV Nazaré me engrandeceu muito, ela me ensina diariamente. Tudo que eu sei de jornalismo, tudo que eu sei de TV eu aprendi aqui. Então, por onde eu for a TV vai estar comigo e o meu jeito de retribuir é sempre buscando dar o meu melhor, fazer o meu melhor, fazer um jornalismo comprometido com a verdade baseado em fatos, não em juízo de valor e a gente tem conseguido fazer um bom jornalismo. A TV Nazaré tem uma história muito importante quando se pensa em jornalismo, então o meu grande compromisso é manter esse jornalismo comprometido e tentar ajudar a população do jeito que eu sei que é contando história”.

 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade