DATA DE PUBLICAÇÃO: 04/07/2019
- Diminuir + Aumentar

Colunista José Ramos

   SÃO PEDRO E SÃO PAULO

No Evangelho da missa deste último domingo do mês de Junho, em que a liturgia católica homenageia os grandes apóstolos São Pedro e São Paulo, São Mateus relata a pergunta feita por Jesus, em reunião com os apóstolos e discípulos. “E vós quem dizeis que eu sou”, ao que Pedro, representando os presentes, respondeu: “Tu és o Cristo Filho de Deus vivo” (Mt 16, 15).

Ninguém conseguiria sintetizar tantas coisas em tão pequena frase.

Reconheceu que Jesus é o Filho de Deus Pai. É o Messias que por amor nos resgatou no sacrifício da Cruz, e instituiu sua única Igreja.

Cabe a cada um de nós, Batizados, responder também à importante pergunta. Não apenas com palavras, é indispensável que seja com a nossa forma de viver. Com as nossas atitudes.
 
Vamos ser fieis ao Evangelho, ou nos deixaremos levar pelas vãs filosofias que os adeptos do demônio espalham nas suas festas e nas chamadas redes sociais? Que espécie de sociedade estão propagando, esquecendo-se de que estamos nesta vida de passagem para a vida eterna?

O Evangelho é bem claro: Escolheremos o lado dos anjos ou vamos para a esquerda de satanás? A escolha será nossa. Lá não teremos advogados para impetrarem recursos. A Lei de Deus é imutável. Só não acredita quem não quer.

O espaço para pedir perdão é aqui. E os recursos serão as nossas livres atitudes. O nosso amor a Deus e ao próximo. Não existe outro caminho. A oração e a adoração a Deus, aliados ao amor ao próximo, são as nossas verdadeiras armas.

Esta é a nossa fé. Aproveitemos a oportunidade e peçamos a São Pedro e São Paulo, que souberam implantar a nossa Igreja, que inspirem sempre o nosso Papa, os Bispos e o Clero, e todo o povo de Deus, a escolherem o melhor caminho.
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade