DATA DE PUBLICAÇÃO: 11/07/2019
- Diminuir + Aumentar

Cotijuba reforça ação missionária

Foto: Divulgação.
 
Domingo, 7 de julho de 2019, como testemunhas da graça do Batismo do pequeno Nelson Wesley Moraes da Conceição, a Comunidade Fazendinha, na ilha de Cotijuba, sentiu a alegria da presença divina em suas vidas. Mobilizada pelo Movimento Arquidiocesano do Terço dos Homens Mãe Rainha (MTHMR), os moradores se reuniram em um barraco para a celebração da Palavra, conduzida pelo recém-ordenado diácono Leonardo Matias de Carvalho, também intergrante do grupo de oração mariana. O dia, histórico, celebrou também a retomada da missão na Fazendinha, há 20 anos esperando para renovar a tradição da fé católica na comunidade remanescente de quilombo, uma vivência inspirada pelo título de Nossa Senhora da Batalha, também conhecida como Nossa Senhora das Vitórias. As manifestações da fé católica no lugar estavam paradas há duas décadas, pois era animada por famílias que, após  a partida de seus antepassados que mantinham ativas as tradições, deixaram a ilha, levando consigo também o referencial da devoção dos nativos: uma  imagem de Nossa Senhora da Batalha.

Sem saber do destino de seus familiares, afastados por muito tempo, eles também abandonaram as manifestações religiosas naquela comunidade.

Foi o grupo do Terço dos Homens que há cerca de 20 dias esteve em missão na Fazendinha, enviados pela Paróquia de São Francisco das Ilhas, sediada em Cotijuba,  que localizou na Fazendinha a família de Hermínio Barbosa de Moraes, a única que conhecia a história da antiga tradição da padroeira daquela localidade.

Padre Joseildo da Silva, pároco da Paróquia São Francisco das Ilhas, determinou, então, que  o grupo do Terço dos Homens junto com o diácono Leonardo Carvalho, passam a acompanhar a reorganização da comunidade, confiada à devoção a Nossa Senhora da Batalha.

No dia dia 18 de agosto, haverá novo Batismona família  de Hermínio, inicialmente, o responsável pela comunidade. A Arquidiocese de Belém começa ainda este mês a organização pastoral, o que reanima a comunidade Fazendinha.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade