DATA DE PUBLICAÇÃO: 03/10/2019
- Diminuir + Aumentar

Arquidiocese de Belém fala sobre o Círio e o Sínodo

Foto: Luiz Estumano.
 
Na quarta-feira, 2, pela manhã, na sala de imprensa da Cúria Metropolitana, Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano, Monsenhor Raimundo (Cid) Possidônio, Vigário Geral,  e  Cláudio Acatauassu Nunes, Diretor Coordenador da Festa de Nazaré, estiveram presentes na coletiva de imprensa sobre a edição 227 do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, cujo tema “Maria, Mãe da Igreja”. Foram divulgados a mensagem do Papa Francisco para o festejo e informações referentes ao Sínodo dos Bispos especial para a região da Pan-Amazônia.

Dom Alberto conduziu a coletiva dando boas-vindas à imprensa e apresentou a tradicional carta-mensagem da Sua Santidade, o Papa Francisco, enviada pelo Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado. O Papa expressou votos sinceros para que as celebrações do Círio de Nazaré sejam uma oportunidade para reforçar a fé e a entrega a Deus, a exemplo de Maria.

Por ocasião do Sínodo dos Bispos para a Pan-Amazônia, Dom Alberto e seus auxiliares, Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro, obedientes ao Santo Padre, estarão em Roma participando da conferência. Para presidir as celebrações e momentos importantes do Círio de Nazaré, foram convidados bispos de outras dioceses, entre eles, o Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni d’Aniello.

Don Alberto lembrou o tema do círio deste ano afirmando que o desejo é o de que todos sintam-se muito acolhidos: “Círio é uma expressão maravilhosa de relacionamento dessa multidão de pessoas não só nos dias do Círio, mas também na quadra nazarena. Muitas vezes identificamos muitos machucados na vida do nosso povo do ponto de vista social, econômico, mas o Círio é esperança, é ter gosto pela vida para trabalharmos para nos ajudar mutuamente.”

A expectativa para realização de mais uma edição da festa de Nazaré é a de que seja melhor que no ano anterior, afirma Cláudio Acatauassu: “tudo que foi planejado durante o ano está pronto. Pode haver imprevistos? Mas estamos preparados com uma equipe pronta. É nosso segundo ano na coordenação e isso já nos deu certa experiência. Tenho certeza que tudo vai dar certo com a intercessão e o amor de Nossa Senhora de Nazaré.”

Arquidiocese de Belém participa do Sínodo

Na coletiva o Arcebispo destacou, também, informações referentes ao Sínodo, entre elas a do encerramento do credenciamento da imprensa para recebimento de conteúdo referente ao encontro sinodal. O Arcebispo sinalizou também que, a imagem da Senhora de Nazaré doada ao Santo Padre por ele na ocasião da Jornada Mundial da Juventude, em junho de 2013, ficará na sala dos encontros do Sínodo. No dia 8 de outubro, próxima terça-feira, Dom Alberto irá proferir a homilia durante a oração do dia ao lado do Papa Francisco.

“Nós esperamos encaminhamentos a partir das sugestões dos bispos e das orientações do Papa que não sairão agora porque o Santo Padre recebe todo o material e só posteriormente, no tempo que ele julgará oportuno, é que será feito uma exortação apostólica. Aguardamos caminhos de evangelização, de vocações, para organização da vida da igreja em nossa região. Queremos colocar debaixo do manto de Nossa Senhora a realização do sínodo dos bispos”, afirmou o Arcebispo.

Monsenhor Raimundo Possidônio, que participou da elaboração do Instrumento de Trabalho, afirmou que o sínodo é a vontade expressa do Papa, mas que também reflete toda uma realidade da Amazônia: “o instrumento de trabalho que provocou tanta reação é resultado de não apenas uma cabeça ou de um teólogo ou bispo, mas de um processo de escuta que durou um ano, relatórios imensos. O sínodo, se é vontade do Papa, ele é reflexo também do sensus fidei. Será para nós um momento ímpar, um kairós,”

Durante toda a quinzena da Festa de Nazaré a vela que foi entregue no Encontro dos Bispos da Amazônia Brasileira será acesa na Basílica Santuário. Também orientou-se às paróquias que seja acendida uma vela para expressar a unidade e oração pelo Sínodo, além da realização do tríduo.  

No Vaticano - Às 12 horas (horário italiano) desta sexta-feira, 4 de outubro, Festa de São Francisco, o Papa Francisco presidirá uma celebração nos Jardins Vaticanos onde consagrará o iminente Sínodo para a Amazônia ao Santo de Assis. O site Vatican News transmitirá a celebração, com comentários em português, a partir das 6h55, horário de Brasília.

A festa de São Francisco neste ano,  de fato, adquire uma relevância especial, por coincidir com diversas datas simbólicas. A festa conclui, por exemplo, o Tempo da Criação, a recorrência que é celebrada anualmente de 1º a 4 de outubro, e que pela primeira vez foi proclamada oficialmente pelo Papa Francisco para a Igreja Católica.

Ela também acontece pouco antes (29 de novembro) da celebração do 40º aniversário da proclamação de São Francisco de Assis como Padroeiro dos cultores da ecologia por São João Paulo II. E depois, naturalmente, dois dias antes da abertura do Sínodo para a Amazônia, com a Santa Missa celebrada na Basílica de São Pedro no domingo.

A  celebração na presença do Papa Francisco nos Jardins Vaticanos, inclui o plantio de uma árvore, vinda de Assis, como gesto visível de uma ecologia integral. O evento prevê participação de lideranças indígenas e da Igreja, para enviar mensagem ao mundo sobre o compromisso da Igreja com cuidado pela Casa Comum.
A celebração e o gesto simbólico de plantar uma árvore  no coração da Igreja universal,  também será uma oportunidade para comunicar a importância do Tempo da Criação, sendo o primeiro gesto visível do Papa Francisco após o convite à Igreja em todo o mundo para celebrar este “período de oração e ação mais intensa em benefício da casa Comum”.

Mas também para comunicar a importância do Sínodo Amazônico e propor São Francisco como modelo e guia para o processo sínodo. Neste sentido, o evento incluirá uma oração de consagração do Sínodo à intercessão de São Francisco, para que este processo constitua um passo fecundo para discernir novos caminhos para a Igreja e por uma ecologia integral nesta complexa região.

O evento é organizado pela Ordem dos Frades Menores, pelo The Global Catholic Climate Movement (GCCM) e pela Repam.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade