DATA DE PUBLICAÇÃO: 23/01/2020
- Diminuir + Aumentar

Formações da Campanha da Fraternidade 2020 iniciam neste sábado, 25

Foto: Luiz Estumano.
 
A Arquidiocese de Belém, através da Coordenação de Pastoral, a partir deste sábado, 25, dá início aos estudos da Campanha da Fraternidade 2020 cujo tema “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e lema “viu, sentiu compromisso e cuidou” (Lc 10, 33-34). As formações, que acontecerão por áreas, abordarão o texto-base disponibilizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com o método Ver-Discernir-Agir. 
 
A Campanha da Fraternidade, ação da Igreja no Brasil no período da Quaresma, tem por objetivo discutir com a sociedade civil um tema pertinente. Para este ano, o tema e lema reforçam a dimensão do cuidado e em seu cartaz traz a figura de Santa Dulce dos Pobres, canonizada em outubro passado. 
 
De acordo com Monsenhor Raimundo Possidônio, Vigário Geral da Arquidiocese e um dos formadores nos estudos, o tema deste ano segue uma linha social, contribuindo para a reflexão de um cuidado com as pessoas e com a Casa Comum: “O objetivo da campanha é fazer as pessoas se voltarem para os outros, na sua realidade de carência, de necessidade e fazer essas pessoas terem um cuidado com o sentido da própria existência, promovendo o que o Papa Francisco chama de cultura do encontro. A campanha da fraternidade quer dar essa conscientização à luz da palavra de Deus sobre os problemas humanos.”
 
Ele prossegue afirmando que, a partir desse olhar para o outro, a sociedade se volta para as questões da ordem pública social: “tem muita gente por aí abandonada, jovens, crianças, idosos. O texto é bem claro nesse sentido, pedindo que tenhamos um compromisso político para que os estados e os governos se voltem para essa realidade. O Papa Paulo VI dizia que a Igreja é perita em humanidade. E a Igreja tem se destacado ao longo dos anos nesse cuidado, com hospitais, missão, congregações, etc”.
 
Monsenhor Cid destaca, ainda, a figura de Santa Dulce nesta CF2020: “Ela mostra como hoje podemos ser bom samaritano que cuida do irmão caído e isso recai justamente na missão da igreja é estender essa mão, como discípulo de Jesus Cristo e deixar a marca na sociedade.” Para que esta temática seja aprofundada a Arquidiocese de Belém promove estudos do tema no tempo que antecede o início da Quaresma. Neste sábado, 25, a Área Mosqueiro será contemplada com o estudo, às 8h, na Igreja Matriz da Paróquia de Santa Bárbara, no município de Santa Bárbara. Irão ministrar esse primeiro momento Francisco Batista, da Comissão Justiça e Paz, e Monsenhor Cid.
 
Estudos
 
Nos dias 27 e 28 os estudos acontecerão na Área Belém, às 19h, na Casa de Plácido, Centro Social de Nazaré. Os assessores serão Fátima Fonseca e Padre Bruno Sechi. Dias 1 e 2 de fevereiro próximo, às 14h e 8h respectivamente, na Igreja Matriz da Paróquia Menino Deus, em Marituba, será a vez da Área Metropolitana receber a formação ministrada por Fátima Fonseca e Monsenhor Cid. 
 
No sábado, 8 de fevereiro, às 14h, acontecerá a formação da Área Icoaraci, na Igreja Matriz de São João Batista e Nossa Senhora das Graças. Padre José Maria Ribeiro e Francisco Araújo ministrarão neste dia. Dias 12 e 13 na Igreja Matriz da Paróquia de Cristo Rei, às 19h em ambos os dias, acontecerá a formação da Área Cidade Nova conduzida por Monsenhor Cid e Padre Paulo Joanil da Silva, da Comissão Pastoral da Terra.
 
Por fim, 1º de março, às 8h, Padre José Maria Ribeiro ministrará a formação para a Área Região das ilhas, na Comunidade Boa Vista, no Baixo Acará, região insular de Belém. Como dito, a abertura da Campanha da Fraternidade 2020 acontecerá no dia 29 de fevereiro, às 8h, no Ginásio Abacatão, em Ananindeua, com Santa Missa e em seguida uma caminhada para uma igreja próxima, ainda não definida.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade