DATA DE PUBLICAÇÃO: 05/03/2020
- Diminuir + Aumentar

Regiões São João Batista e Coração Eucarístico realizam Retiro Sinodal

Foto: Luiz Estumano.
 
O 1º Sínodo Arquidiocesano, cujo tema “Belém, Igreja de Portas Abertas” e lema “A cidade se encheu de alegria” (At 8,8), segue avançando suas etapas preliminares rumo às conclusivas, em junho. Aliado aos estudos, discussões e deliberações, ocorreu no dia 1º de março, último domingo, na Casa de Retiros Monte Tabor, em Icoaraci, o Retiro Sinodal da Região de São João Batista, com presença das forças vivas, organismos e representantes paroquiais.
 
O Sínodo Arquidiocesano durante seu processo de preparação é constituído de eventos de cunho avaliativo-espiritual em níveis paroquial e por região episcopal. Os retiros sinodais demonstram a experiência da oração para a evangelização. “Somente na intimidade com Deus é que nos tornamos mais filhos, missionários de Jesus Cristo e irmãos entre nós”, afirmou Dom Antônio de Assis Ribeiro em outra oportunidade, sobre os retiros sinodais.
 
Assim como os estudos, a oração também está ligada ao sentido do Sínodo Arquidiocesano que propõe novos caminhos e um caminhar juntos. “Os retiros são momentos de escutas, pois em todo envio missionário faz-se necessário reconhecer a voz de quem chama, neste caso, de Jesus. A oração é parte fundante da Igreja, assim como a Eucaristia e o ensino da Igreja” afirmou Padre Agostinho Cruz, Vigário Episcopal da Região São João Batista.
 
Segundo ele, “o tempo de retiro é para que cada um possa se colocar à disposição da missão, submetendo-se ao Espírito Santo, que conduz toda a ação da Igreja.” Para ele, uma vez que o sínodo é um processo de caminhar juntos, o retiro favorece a unidade, fazendo com que todos procurem olhar na mesma direção. “Ajuda no espírito de comunhão, tão essencial para a missão da igreja.”
 
A programação iniciou-se no domingo às 7h30, com acolhida. Por volta de 8h, Adoração Eucarística, com Padre Thiago Barros, da Comunidade Sementes do Verbo, de Icoaraci. Às 9h, Padre George Jenner ministra a reflexão “Avance para águas mais profundas (Lc 5,1-11)”, seguida de meditação pessoal, às 10h. 
 
Após as considerações finais, realizou-se Santa Missa de conclusão, presidida por Dom Antônio, com participação de todos os sacerdotes da região. O momento a seguir para a região será a assembleia, que recolherá todas as propostas e proposições provenientes das assembleias paroquiais. Esta assembleia está marcada para o dia 25 de abril, na Matriz da Paróquia de São João Batista e Nossa Senhora das Graças, em Icoaraci, segundo o cronograma disponível no site da Arquidiocese.
 
Na programação do Sínodo ainda ocorrerão mais três retiros durante a programação, sendo o próximo no dia 15 de março na Região Episcopal de São Vicente de Paulo na Matriz da Paróquia de São Vicente de Paulo; no dia 18 de abril a Região Episcopal Menino Deus e a Região Nossa Senhora do Ó na Matriz da Paróquia do Bom Pastor; e no dia 25 de abril o Retiro da Região Episcopal Menino Deus na Matriz da Paróquia de São Pio X.
 
Igreja sinal de comunhão
 
Também no domingo, 1º de março, com início às 7h com Santa Missa presidida pelo Cônego José Luiz Fernandes, Vigário Episcopal da Região Coração Eucarístico, na Matriz da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio, no conjunto Satélite, ocorreu o Retiro Sinodal da Região Episcopal do Coração Eucarístico de Jesus.
 
Após o café às 8h30, houve pregação cujo tema “Igreja sinal de comunhão”, ministrada pelo Padre Valdinei de Lima Silva. Após a pregação, às 10h, Adoração ao Santíssimo Sacramento e, logo após, orientação sobre o Sínodo arquidiocesano com a equipe organizadora. Ao meio dia, encerramento da programação.
 
Segundo o Cônego José Luiz, espera-se que com o retiro cresça a “comunhão entre as paróquias da nossa região. Ajuda mútua em nossas assembleias paroquiais que estão acontecendo. Com discernimento e sabedoria em nossas decisões, visando as assembleias regionais e arquidiocesanas”.
 



Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade