DATA DE PUBLICAÇÃO: 07/05/2020
- Diminuir + Aumentar

Rede Nazaré de Televisão completa 18 anos no ar

Foto: Luiz Estuamano.
 

Segunda-feira próxima, dia 11, a Rede Nazaré de Televisão chega à marca de 18 anos no ar, evangelizando na capital e em todas as suas retransmissoras. Inaugurada oficialmente neste dia em 2002 em cerimônia solene no Centro de Cultura e Formação Cristã (CCFC), a Rede Nazaré de Televisão vem, desde então, realizando sua proposta de evangelizar e divulgar a Palavra de Deus na Amazônia Legal.

A Rede Nazaré se coloca no mercado não como uma concorrente, mas como uma alternativa de qualidade e de abordagem dos fatos, eventos e situações da vida humana em sociedade, ressaltando a importância de considerar o homem como um todo, especialmente em sua dimensão religiosa, de abertura ao transcendente, e em seus anseios pelos valores que realmente elevam sua existência.

Desta forma, seu público-alvo, em sentido amplo, são todas as pessoas que buscam na Televisão um meio de humanização e satisfação de suas necessidades mais profundas, tais como justiça, honestidade, consciência crítica, religiosidade, etc. Em sentido mais estrito, a Rede Nazaré direciona-se às famílias, enquanto lugares de formação do ser humano, e à comunidade católica em geral.

Nesses 18 anos, a emissora passou por grandes mudanças e ampliações e atualmente, como outros meios de comunicação, vive o desafio da inovação em meio a Pandemia da Covid-19 que se impôs. A reinvenção aconteceu no sentido de levar uma programação mais orante aos telespectadores que buscam o conforto da oração.

Segundo Marcos Valério, coordenador da Rede Nazaré, a preocupação é a de levar este conforto aos fiéis que, na impossibilidade de comparecer aos seus hábitos da fé cristã, buscam as missas, novenas e terços televisionados: “nesse tempo de pandemia a programação ficou mais orante, a gente, extraordinariamente, está com uma adoração às 9h da noite e Missa com o Papa Francisco, também às 9h da noite, de segunda a segunda. É o momento em que estamos precisando, fortalecendo a oração”.

Ele prossegue: “Temos terços, adorações e Missas, pontos de evangelização que a gente julga e pensa serem mais propícios para o momento. O retorno tem sido bom, atendemos um anseio das pessoas que estão em casa para que tivesse mais oração. Nesse mês e meio de isolamento estes são os momentos de conforto que as pessoas procuram”.

ANIVERSÁRIO

Para o aniversário no dia 11 estão sendo preparados dois momentos. O primeiro ocorre nesta sexta-feira, 8, com a transmissão da Missa em Ação de Graças pela Família Nazaré, às 15h, presidida pelo cônego Sebastião Fialho, pároco da Paróquia São José, na Capela da Fundação Nazaré de Comunicação, sem a presença física do povo de Deus.

 A intenção da celebração será pela significante contribuição dos sócios evangelizadores da Família Nazaré, pelas vítimas da Covid-19 e pelo aniversário da Rede Nazaré. Valério ressalta que esta contribuição deve ser enaltecida, pois no momento que vivemos é primordial para a Fundação Nazaré continuar a manter seu trabalho:

“Nós continuamos a precisar da colaboração dos membros da Família Nazaré, que continuem ajudando para que possamos continuar com a programação em dia haja vista esse momento de pandemia.” O segundo momento da comemoração do aniversário será uma matéria especial, veiculada no jornal Nazaré Notícias, apresentado por Valério e exibido na segunda-feira, 11, às 11h.

HISTÓRICO

A chegada de uma emissora de televisão católica aconteceu primeiro na Arquidiocese de Belém em 1998, com a construção de uma torre de concreto para servir de retransmissora da Rede Vida, emissora de São José do Rio Preto (São Paulo). Com a ajuda dos paraenses, por meio de coletas, promoções e doações individuais e de empresas, a antena da retransmissora foi instalada em dezembro de 1999.

Assim teve a mobilização dos bispos de Belém para que se pudesse gerar programas locais de qualidade para evangelizar e educar o povo. Durante celebração dos 50 anos de vida sacerdotal de Dom Vicente Joaquim Zico, em 6 de outubro de 2000, o ex-ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, e o ex-vice Presidente da República, Marco Maciel, premiaram a Arquidiocese com a outorga do Canal 30E UHF para Belém.

Em 29 de janeiro de 2002 ocorreu a assinatura do contrato de concessão por 15 anos, da TV Nazaré como geradora. Em 11 de maio de 2002, a TV Nazaré foi inaugurada com uma solene sessão no Centro de Cultura e Formação Cristã da Arquidiocese de Belém. A cerimônia contou com a presença de várias autoridades eclesiásticas e civis, como a do ex-governador do Estado do Pará Almir Gabriel e a do exministro das Comunicações Juarez Quadros. 

Aos poucos, a Rede Nazaré cresceu em toda a Amazônia Legal com as primeiras concessões de retransmissoras em 2003. No dia 28 de maio de 2004 foi inaugurado oficialmente o sinal da TV Nazaré via satélite, através da empresa New Skies Satelites, com a presença do Núncio Apostólico, Dom Lorenzo Baldisseri; Dom Vicente Zico, Arcebispo de Belém; Dom Carlos Verzeletti, então bispo auxiliar de Belém e diretor geral da Fundação Nazaré de Comunicação; Elifas Gurgel, representante do Ministério das Comunicações; entre outras autoridades políticas, religiosas, civis e militares.

 




Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade