DATA DE PUBLICAÇÃO: 15/10/2020
- Diminuir + Aumentar

Sábado da Trasladação mantém tradição

 

Foto: Luiz Estumano
 
A programação do Círio de Nazaré, edição 228, cujo tema “Ave Maria, cheia de graça” teve no sábado, 10, diversos momentos, entre eles, a celebração eucarística que antecede a saída da Trasladação, diretamente da Capela do Colégio Gentil Bittencourt, e que neste ano não ocorreu devido às normas sanitárias de prevenção à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).
 
A Santa Missa, presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano, e concelebrada por Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar de Belém, e Dom Teodoro Mendes Tavares, bispo diocesano de Ponta de Pedras, teve transmissão da Rede Nazaré de Televisão e nas redes sociais. 
 
A cerimônia contou com a presença da imagem Peregrina. Membros da Diretoria da festa, funcionários do colégio e a imprensa participaram da celebração. Dom Alberto, na homilia, frisou que os presentes naquela celebração representavam todos aqueles que, em anos anteriores, estariam na área externa do colégio Gentil, assistindo.
 
“Nós constituímos essa noite uma grande asssembleia. Um Círio que depende de nós. Desejando que cada casa se torne uma berlinda”, afirmou o arcebispo. Em seguida, Dom Alberto exortou a partir do Evangelho do dia sobre a visitação de Maria a sua prima Isabel. “A Virgem Maria visitou para se fazer presente. Maria que é chamada Arca da Aliança visitou sua prima. E o que podemos aprender? Que ninguém se furte a visita. Sejamos portadores de Jesus”.
 
Após a celebração, a imagem seguiu para a Casa de Plácido, onde ocorreu a transmissão ao vivo da decoração da Berlinda com acompanhamento musical. No lugar do que seria a trasladação, foram exibidos dois documentários: “Plácido” e “Grandes Momentos da Trasladação”.
 
A programação encerrou com bênção do Cônego Roberto Cavalli Júnior, Cura da Sé, na Catedral Metropolitana. Em seguida, houve live musical do Ministério Sal e Luz.
 
Trasladação
 
O sábado da Trasladação é a segunda maior procissão do Círio de Nazaré, reunindo cerca de um milhão e 400 fiéis nas ruas que percorrem 3,7 km, no sentido inverso ao do Círio de Nazaré. A primeira Trasladação foi promovida pelo Governador Francisco de Souza Coutinho, junto com o Capelão do Palácio do Governo, padre José Roiz de Moura, que levaram a Imagem de Nossa Senhora de Nazaré, da Matriz até a capela do local. Este ano, por conta da pandemia, a procissão não ocorreu, sendo substituída por programação ao vivo.
 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade