DATA DE PUBLICAÇÃO: 22/07/2020
- Diminuir + Aumentar

Homenagens a São Cristóvão em Belém e Mosqueiro

Foto: Luiz Estumano.
 
 O dia 25 de julho é marcado pela festa de São Cristóvão, conhecido como protetor dos motoristas, e os devotos do padroeiro realizam programações festivas para celebrar a data.
 
Em Belém, a programação inicia com celebração eucarística às 8h, presidida pelo pároco, cônego Silvio Trindade, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima (Santuário de Fátima), localizada no bairro de Fátima. Ao final da Santa Missa haverá tradicional bênção dos motoristas, chaves e veículos.
 
E às 9h será realizada 107ª edição da procissão motorizada de São Cristóvão pelas ruas da capital. Confira o percurso da carreata: avenidas Antônio Barreto, Castelo Branco, Governador José Malcher, Assis de Vasconcelos, Marechal Hermes, Presidente Vargas, Gentil Bittencourt, Trav. Quintino, Av. Nazaré, Av. Almirante Barroso com parada na Praça São Cristóvão para homenagens. A procissão continua pela Av. Júlio César, Pedro Álvares Cabral, Coronel Luiz Bentes até o Sindicato dos Taxistas do Município de Belém-STABEPA. 
 
Distrito de Mosqueiro
 
As homenagens iniciam a partir de 16h com concentração no portal do distrito. Em seguida ocorre carreata passando por algumas ruas e pontos de Mosqueiro com destino a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó, situada na Vila de Mosqueiro.
 
Na chegada terá bênção dos motoristas, chaves e carteiras. E a celebração eucarística está prevista para iniciar às 17h com a presidência do cônego Cristóvão Santos Freitas.
 
São Cristóvão
 
São Cristóvão, antes chamado Réprobo, conheceu Jesus por meio de um eremita, que lhe explicou que para encontrar o Salvador era necessário oração, mas Réprobo não sabia rezar. Com isto, o eremita lhe disse que Jesus também poderia ser encontrado por meio do jejum e pela caridade. 
 
Assim Réprobo começou a usar a sua estatura para transportar nos ombros pessoas que precisavam atravessar rios sem pontes. 
 
Certo dia São Cristóvão transportou um menino de uma margem a outra de um rio, este ficava cada vez mais pesado à medida que o levava. São Cristóvão sentia que estava carregando todo o peso do mundo em seus ombros.  Ao final da travessia, o menino revelou ser o próprio Jesus, que confirmou-lhe a fé e a missão humilde de atravessar pessoas no rio perigoso. Daí o nome "Cristóvão", que significa: "Aquele que carrega Cristo". 
 
 

Outras notícias
2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade