DATA DE PUBLICAÇÃO: 27/05/2021
- Diminuir + Aumentar

Área Missionária São José celebra Pentecostes

Foto: Divulgação
 
Este último sábado, vésperas da festa de Pentecostes, dia 22 de maio, às 18h30, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no Outeiro, Dom Antônio de Assis Ribeiro presidiu a Eucaristia com representantes de todas as comunidades da Paróquia, dando inicio oficialmente ao processo de preparação da Área Missionária São José.
Atualmente a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, do distrito do Outeiro, tem uma rede de 15 comunidades. Trata-se de uma grande paróquia e com novas áreas de ocupação que ainda não contam com um suficiente número de comunidades católicas. É necessário um redimensionamento da paróquia criando uma área missionária em vista da instalação de uma nova paróquia no futuro.
 
O território, como área missionária, que receberá especial atenção pastoral conta com oito comunidades. 
Além das lideranças das várias comunidades, grupos e movimentos, participaram da celebração os ministros de Eucaristia, seminaristas, o padre Gabriel (vigário paroquial) e o pároco, padre Paulo Felipe. 
 
Em sua homilia, Dom Antônio, enfatizou a necessidade do crescimento da Igreja Católica no território. "Não podemos continuar com as mesmas comunidades vendo a cidade crescer. O comodismo é um ato de desobediência ao impulso do Espírito Santo que assiste e anima a Igreja", enfatizou o bispo. 
 
Dom Antônio incentivou todas as lideranças e os sacerdotes  a caminharem unidos, em comunhão, enfrentando com firmeza de ânimo e paciência os desafios do processo de preparação da criação dessa nova área missionária.
 
A instalação da área missionária significa um processo de autonomia das comunidades, que não mais dependerão pastoralmente e nem administrativamente da sede paroquial. A área missionária contará com um administrador pastoral próprio, com vínculo direto com a Cúria; mas a parceria e a colaboração pastoral deve ser contínua. 
 
 O processo de preparação da área missionária, leva também em conta o dinamismo de autossustentabilidade econômica e administrativa, para que tenha vida própria. 
 
 Dom Antônio também deixou claro para os líderes participantes da Missa que “o desmembramento não é para dividir a paróquia, mas para avançar, revitalizar, fortalecer e resignificar a presença missionária da Igreja católica naquele território”.
 



2010 fundacaonazare.com Todos os direitos reservados. Política de privacidade